ITAIPU BINACIONAL E O TURISMO RURAL NA BACIA DO PARANÁ 3

João Luiz Casagrande Breinack, Técnico Ambiental na Itaipu Binacional

Agricultura sustentável exige tecnologias adequadas às condições do ambiente regional e à previsão dos impactos negativos nos âmbitos sociais, econômicos e ambientais. Na Itaipu Binacional as ações de sustentabilidade da agricultura estão organizadas em diferentes atividades, buscando atingir um público estimado de 26 mil propriedades rurais conduzidas em sistema de exploração familiar da BP3, incluindo os assentamentos rurais.

As intervenções nas propriedades estão organizadas para conferir sustentabilidade aos sistemas de produção, introduzindo práticas sustentáveis (como plantio direto, adubação verde, controle biológico, pasto rotacionado, homeopatia vegetal e animal), atividades com alto grau de sustentabilidade (como fruticultura, sistemas agroflorestais, leite a pasto) e propondo a conversão das propriedades para sistema de produção orgânico de base agroecológica.

Para garantir a sustentabilidade, o Programa atua desenvolvendo toda a cadeia produtiva, ou seja, apoiando os agricultores no processo produtivo, estimulando a transformação artesanal dos produtos, ajudando a organizar a comercialização, e ainda, promovendo o turismo rural na agricultura familiar.

O turismo rural permite agregar valor, gerar renda e oportunidades de trabalho no meio rural, garantindo a melhoria das condições de vida das populações beneficiadas.

Assim, seguindo as premissas de um turismo rural sustentável e buscando desenvolver a atividade turística de forma planejada, a Itaipu Binacional, efetivou a confecção do Diagnóstico Regional de Turismo no Espaço Rural da BP3 e, ainda, em parceria com o MDA e com a Agência de Desenvolvimento do Oeste do Paraná, incentivou e apoiou a elaboração de setenta (70) projetos de planejamento de infraestrutura e gestão para as propriedades rurais com vocação para o turismo sustentável.

Outra ação efetiva da Itaipu Binacional é o apoio permanente para a realização dos eventos denominados “Caminhadas na Natureza” que acontecem anualmente em vários municípios da Bacia do Paraná 3 (Diamante do Oeste, Medianeira, Foz do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu, Missal e Santa Helena) e cujo principal objetivo é desenvolver o espírito de contemplação à natureza, aproximando o público urbano do meio rural, fomentando a busca por turísticos não convencionais.

__________________________________________________________________________________________________________________

Saiba Mais sobre o Turismo Rural

O turismo rural vem se tornando uma importante fonte de renda para muitas pessoas no Brasil. Segundo a empresária Ariane Janer, da Bromelia Consult, “o apelo de turismo rural é “vida ao ar livre” e “turismo de experiência”. O importante é unir atividade (caminhada, cavalgada, banho de cachoeira, etc) com uma experiência. Como é feito um produto, saborear um produto e induzir a comprar (e divulgar) produtos rurais depois da visita”.

Ainda, segundo Ariane, a sustentabilidade é hoje essencial. Os visitantes gostam mais de lugares que têm práticas sustentáveis porque isto significa que estão contribuindo para o bem-estar da região e dos visitantes. Se existe a oportunidade de conhecer a origem e os cuidados, o produto é mais valorizado e divulgado entre seus conhecidos.

Outras fontes de consulta sobre o assunto:
Ecobrasil (turismo rural e sustentável) – www.ecobrasil.org.br
Guia SerraMob – www.serramob.com.br
ECEAT – European Centre for Eco-Agrotourism – http://www.eceat.org/
Rural Network Canada – http://www.ruralnetwork.ca/

__________________________________________________________________________________________________________________

<< voltar