“PONTES PARA INOVAÇÃO” DA EMBRAPA REUNIU STARTUPS, PARCEIROS E INVESTIDORES


A fase final da chamada Pontes para Inovação (3ª edição), iniciativa da Embrapa e parceiros que conecta startups do agro com investidores e aceleradoras de negócio, contou com 20 empresas finalistas. O evento com a apresentação das finalistas ocorreu em 5 de março na AgTech Garage, em Piracicaba (SP). A principal novidade foi a integração das diversas iniciativas coordenadas por Unidades da Embrapa com a chamada, que funciona como uma plataforma de venture capital.

Dentre as finalistas, 11 foram selecionadas a partir de 60 candidatas na chamada aberta, e outras nove são empresas vencedoras de desafios de inovação organizados por centros de pesquisa da Embrapa: Ideas for Milk (Embrapa Gado de Leite), Inovapork (Suínos e Aves), Techstart AgroDigital (Informática Agropecuária), Open Innovation Soja (Soja), Avança Café (Café, duas vencedoras) , Ideas for Farm (Meio Norte), Pitch Deck AgTech (Instrumentação) e Gado de Corte 4.0 (Embrapa em parceira com a Fundação Certi). Após o evento final, as empresas entram em fase de negociação para receber possíveis aportes dos investidores.

“A chamada está alinhada com a necessidade da Embrapa escalonar as tecnologias desenvolvidas por meio da conexão das empresas que levam ativos da Embrapa para o mercado com fundos de investimento, aceleradoras de negócios e ainda grandes corporações do setor agro”, salienta Daniel Trento, secretário de inovação e negócios da Embrapa.

“Quando iniciamos o Pontes, em 2017, percebemos que a capilaridade e força da Embrapa poderiam aproximar o fundo de investimento das agritechs, um mercado promissor”, destaca Alessandro Machado, diretor da Cedro Capital, primeiro parceiro da Embrapa na chamada.

A terceira edição tem como diferencial “atrair grandes companhias da cadeia do agronegócio, tais como Bayer, Ceptis, Corteva e Syngenta, que passaram a fazer parte da chamada para se conectarem com as empresas nascentes e também serem potenciais clientes”, comenta Alessandro. “Piracicaba é um vale do silício das agritechs brasileiras, e esse epicentro de tecnologias é um ótimo local para receber o Pontes”, finaliza.

As 60 empresas inscritas representaram todas as regiões brasileiras, sendo 34 sediadas no Sudeste; 11 no Sul; 7 no Nordeste; 5 no Centro-oeste; e três no Norte do Brasil. A terceira edição do Pontes para Inovação conta com dezoito parceiros, dentre investidores, aceleradoras de negócios, espaços de inovação e empresas de referência no setor agropecuário: 1) Cedro Capital; 2) SP Ventures; 3) Cotidiano; 4) Fundepar; 5) NT Agro; 6) 10b (Tarpon Investimentos/Circle Ventures); 7) Syngenta; 8) Bayer; 9) Corteva; 10) ACE; 11) Plug & Play; 12) Sicredi; 13) Food Tech Hub; 14) Darwin Startups; 15) Avance hub/ Coplacana; 16) Ventiur Aceleradora; 17) Ceptis; e 18) Biotic S.A.

(Evento para convidados com transmissão online pelo Youtube.com/Embrapa)

Fonte: Embrapa

____________________________________________________________________________________________________________

<< voltar