ITAIPU BINACIONAL

 

ORGÂNICOS & CIA ENTREVISTA NELTON FRIEDRICH, DIRETOR DE COORDENAÇÃO E MEIO AMBIENTE DA ITAIPU BINACIONAL

 

O Cultivando Água Boa é um programa transversal que abrange diversas ações socioambientais, desde a conservação dos recursos naturais até a promoção da qualidade de vida nas comunidades da Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (região conectada pelos rios e córregos com o reservatório da usina de Itaipu). Desde sua implantação, o que destacaria como casos de sucesso do Cultivando Água Boa?

Nelton Friedrich: Vejo o CAB como um programa muito especial que vem multiplicando os seus resultados em diversos cenários. Em minha visão ele é um programa indivisível, onde cada programa componente interage e complementa os demais. Entendo aliás que o trabalho integrado é um dos nossos maiores diferenciais, pois ele multiplica os resultados, empolga os atores e dá uma nova dimensão a tudo que é feito.

É difícil dizer quais são as principais contribuições do CAB. Creio que os números e estatísticas do programa não conseguem representar tudo o que vem sendo feito. Eles não retratam a empolgação, os saberes e valores estabelecidos, as inúmeras conexões viabilizadas, ou tampouco as implicações futuras que ainda surgirão. Talvez o melhor retrato das contribuições do CAB possa ser percebido nos corredores dos encontros anuais do programa, onde especialistas, prefeitos, autoridades e comunidade em geral fazem novas construções e interconexões. Ali é visível que existe uma nova realidade dentro de Itaipu, na tríplice fronteira, que todo o trabalho realizado vai de encontro aos preceitos de diversos programas internacionais ligados a sustentabilidade e que tudo isso vem influenciando muita gente.

Itaipu com o CAB vem assim exercendo uma grande influência de responsabilidade social e ambiental sem perder a competitividade na geração de energia. Ela também vem “cultivando” a participação da sociedade, a responsabilidade compartilhada e a construção de um futuro melhor para todos. Esta é a minha visão das contribuições do CAB e foi a maneira que encontramos em Itaipu para responder aos anseios do Brasil, do nosso diretor-geral e do presidente Lula.

Itaipu foi um dos pioneiros no reconhecimento do importante papel das merendeiras na alimentação escolar. Quantos municípios estão envolvidos atualmente no Curso de Formação Continuada “Gestão da Merenda Escolar”, parte do Programa Cultivando Água Boa?

Nelton Friedrich: Os princípios, valores, e conceitos do Programa Cultivando Água Boa, e os compromissos que temos com a educação transformadora, fundamentam as ações socioambientais e possibilitam reflexões de um “novo jeito” de ser, viver, produzir e consumir.

Os resultados alcançados neste processo eco-pedagógico, norteado pelos eixos Agricultura Orgânica, Água Boa e Gente Saudável, foram possíveis graças a parceria com o Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e o ao trabalho incansável dos monitores da Linha Ecológica, além das participações de estudantes, professores, merendeiras, nutricionistas, Secretárias (os) da Educação, entre outras pessoas e instituições envolvidas.

Mesmo sem retroceder em nosso compromisso com a segurança alimentar, inclusive com os que ainda não tem alimento suficiente, esta iniciativa é histórica e, por certo, produzirá, efeitos multiplicadores.

Resultados alcançados com este trabalho nos 29 municípios, visando o incentivo a alimentação saudável, trouxe os seguintes dados: 800 merendeiras formadas; 135.000 alunos beneficiados; 483 apresentações do teatro “A Matita”; 200 hortas orgânicas escolares; 1.200 hortas orgânicas familiares, dois livros de receitas saudáveis das merendeiras da BP3 e mais de R$10 milhões de compras da agricultura familiar para a merenda escolar, desde o início do programa.

Quais os planos da Itaipu com relação a mega eventos como Copa 2014 e Olimpíadas 2016?

Nelton Friedrich: A região oeste do Paraná estará alinhada e preparada para fornecer produtos e alimentos durante e após os períodos de maior circulação de turistas em Foz do Iguaçu (Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016), e a binacional foi estimulada a criar um subcomitê Brasil Orgânico e Sustentável.

O subcomitê irá atuar de forma mais efetiva e direta com os produtores de orgânicos, bem como com os diversos segmentos correlatos como rede hoteleira e gastronômica. Vamos auxiliar os agricultores na produção e no preparo dos produtos, bem como mostrar aos setores que estão diretamente ligados com o público, que terá como opção consumir os produtos sustentáveis da agricultura familiar, as vantagens de fazer parte deste grande movimento verde.

Além da estrutura, nós vamos estabelecer relações e, mais do que isso, queremos fortalecer o turismo diferenciado, de pessoas que estarão optando por estabelecimentos de Foz e região pelo fato de oferecerem produtos orgânicos, alimentos saudáveis que refletem na qualidade de vida.

A Itaipu representará o Brasil na Rede Rampedre. Por favor, explique aos leitores de Orgânicos & Cia o que é a Rede Rampedre e o qual o significado de Itaipu estar na coordenação desta Rede?

Nelton Friedrich: Desde 23 de outubro de 2012, o Brasil passou a integrar a Rede Rampedre online. A novidade é um instrumento de ação criado para servir as autoridades e os cidadãos com o fornecimento de informações que possam auxiliar as pessoas a tomar medidas em favor do reconhecimento institucional e socioeconômico do direito à água.

O início do processo de mobilização mundial surgiu a partir do dia 28 de julho de 2010, durante Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) que aprovou uma resolução reconhecendo o acesso à água e ao saneamento como um direito humano e fundamental.  Mas foi nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2012, na sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em Paris, que um grupo de lideranças, coordenados pelo italiano, fundador do Comitê Internacional por um Contrato Mundial da Água, Riccardo Petrella, esteve reunido com o objetivo de criar a Rede Rampedre.

No início deste ano fui convidado a representar o Brasil na reunião e tornei-me um membro mobilizador de iniciativas de articulação com outros países da América Latina. O convite deu-se devido aos resultados obtidos com o Programa Cultivando Água Boa.

O site está sendo abastecido com notícias, artigos e informações sempre atualizadas sobre os direitos humanos à água quanto a sua propriedade, usos, posse e gestão pública.

Água e Clima. Como Itaipu tem trabalhado estes dois temas no cenário do desenvolvimento sustentável?

Nelton Friedrich: Nós adotamos o modelo de gestão por bacia hidrográfica para desenvolver as ações Conservacionistas de Água e Solo com base no fato que é em bacias hidrográficas, que a natureza está organizada, não sob critérios geopolíticos. O Cultivando Água Boa cumpre assim o objetivo traçado: obter o manejo sustentável de Água e Solo na região de influência do reservatório da usina, consolidando a gestão por bacia hidrográfica, para reduzir o aporte de sedimentos, nutriente e outros poluentes.

Além disso, a Itaipu tem como estratégia ampliar a cobertura florestal na região. Inicialmente constituindo a mata ciliar do reservatório da Itaipu com plantio de mais de 25 milhões de mudas e preservando refúgios biológicos. Essas áreas totalizam mais de 105 mil hectares. Em seguida a Itaipu está estimulando e apoiando os agricultores que moram na BP3 a restabelecer suas matas ciliares, criando verdadeiros corredores da biodiversidade.

Um dos maiores desafios atuais é estabelecer e implementar critérios de sustentabilidade para gestão de municípios. Qual a participação de Itaipu na construção destes indicadores?

Nelton Friedrich: A empresa publica anualmente seu Relatório de Sustentabilidade que adota as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI). Desta forma, com as ações socioambientais desenvolvidas pelo Programa Cultivando Água Boa, pode-se concluir que uma empresa é adequadamente sustentável, tem a ver em grande parte com seu comprometimento ambiental e social assumido e com a aplicação de um eficiente sistema de gestão ambiental.

__________________________________________________________________________________________________________________

Clique aqui para matéria “Alimentação escolar é um dos destaques do programa Cultivando Água Boa”

__________________________________________________________________________________________________________________

<< voltar