CONFIRA COMO FOI O GREEN RIO WEBINAR: SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-COVID19

Dia 8 de maio de 2020, foi realizado o Webinar “Segurança Alimentar Pós-Covid 19”. Sylvia Wachsner, Diretora da Sociedade Nacional de Agricultura e Luiz Carlos Demattê, Diretor Geral da Korin Agricultura e Meio Ambiente e Presidente da Câmara Temática de Agricultura Orgânica / Ministério da Agricultura foram os debatedores, moderados por Maria Beatriz Martins Costa, coordenadora do Green Rio. Mônica Werneck, diretora do Green Rio, deu as boas vindas e administrou a dinâmica do webinar. Maria Beatriz abriu o webinar com a frase de Marcos Jank, professor do Insper e da ESALQ: “A forte relação entre zoonoses, sanidade animal e segurança do alimento será um dos principais temas a serem revistos no mundo pós-pandemia”.

Em seguida, perguntou aos debatedores se o Brasil está preparado para atender o grau de exigência de rastreabilidade e transparência que será demandado não somente pelo consumidor brasileiro, mas também pelo mercado global. Sylvia considera que o Agronegócio está pronto para exportar atendendo a estas exigências, mas se preocupa com os pequenos produtores, destacando que no chamado “Food Safety” ainda falta infraestrutura para grande parte da população, uma vez que aproximadamente 35 milhões de brasileiros não recebem água tratada.

Demattê lembrou que zoonoses vem acontecendo de maneira acentuada há vários anos, inclusive ele próprio tem uma tese sobre risco de pandemias relacionadas à zoonoses. Demattê sugeriu que os órgãos de pesquisa estudem não apenas aumento da produtividade, mas também os limites dos sistemas produtivos, dos biomas. Sylvia levantou a crise climática, que agora ocorre em paralelo com a crise desta pandemia e este poderia ser o momento de resgatar a discussão sobre carbono. Maria Beatriz perguntou a ambos como enxergam o setor orgânico na tendência de um cenário que buscará mais segurança, em vez do custo mais baixo, valorizando mercados regionais e circuitos curtos. Ambos consideram que esta é uma oportunidade para o setor orgânico se destacar, porém há vários desafios no caminho.

As mensagens recebidas durante o webinar apontaram algumas urgências, como apoio às instituições de pesquisas, organização de centros de distribuição, maior oferta de assistência técnica, entre outros. O crescimentos de plataformas on-line também foi apontado, promovendo aproximação entre produtor e consumidor. Uma outra oportunidade levantada para valorização da bioeconomia e do setor orgânico foi o lançamento do programa Bioinsumos que ocorrerá dia dia 20 de maio, pela Ministra Tereza Cristina.

A rica biodiversidade do Brasil oferece condições de colocar o país como protagonista, mas ainda faltam gestão, parceira pesquisa e iniciativa privada, valoração de serviços ambientais, conhecimento tradicional e preservação do patrimônio genético, conforme apontado por mensagens enviadas durante o webinar. Projetos estruturantes precisam ser formatados, para transferir conhecimento de maneira adequada e implementar ações que efetivamente sejam transformadoras. Sylvia acha que, nesta tendência de Economia Verde e Bioeconomia, falta uma marca “Brasil” que agregue valor à imagem do país. Maria Beatriz mencionou que é preciso falar também de “soberania alimentar”, um tema estratégico e tão amplo que demanda outro webinar. Hortas urbanas foram citadas como um possível elemento de mudança de comportamento a médio e longo prazo, a partir de hortas em escolas, em residências, em empresas e em condomínios.

Para saber mais, acesse o vídeo completo do Webinar Green Rio “Segurança Alimentar Pós-Covid-19”.


_________________________________________________________________________________________________________

A pandemia do novo Coronavírus, que gerou o isolamento social, mudou não só
o comportamento, mas os hábitos alimentares dos consumidores. Nesse
contexto, os produtores enfrentam o desafio de manter o mercado de alimentos,
diante das medidas preventivas para a população e de alguns efeitos como o
desemprego em massa e as quedas no PIB.

Aspectos relacionados à segurança alimentar após a crise serão abordados no
seminário online “Segurança Alimentar pós-Covid 19”. Realizado pelo Green
Rio, o webinar será transmitido no próximo dia 8 de maio (sexta-feira), às 11h.

Participam dos debates a diretora da SNA, Sylvia Wachsner; a coordenadora do
Green Rio, Maria Beatriz Martins Costa, e o diretor geral da Korin, Luiz Carlos
Demattê.

Durante o encontro, serão discutidos o papel do setor público e privado no
fornecimento de alimentos; a valorização do comércio eletrônico, das mídias
virtuais e de plataformas como WhatsApp; a rastreabilidade como transparência
exigida pelos consumidores, e o cenário pós-Coronavírus, com a possibilidade
de quebra das cadeias de abastecimento e a necessidade de adoção de novas
formas de comercialização.

O evento poderá ser acessado no link:

https://zoom.us/webinar/register/WN_uSM2i21CRRW-NQXPZgNUCw

O tema segurança alimentar também será debatido durante o Green Rio Online
Summit , que será realizado nos dias 8 e 9 de outubro. Devido à pandemia, o
Green Rio na Marina da Glória foi transferido para fevereiro de 2021.

<< voltar