CRESCIMENTO DO EVENTO, DELEGAÇÃO DA ALEMANHA E CONTEÚDO SOBRE BIOECONOMIA CONSOLIDAM GREEN RIO 2018

 

A sétima edição do Green Rio recebeu uma delegação da Alemanha, composta de 32 pessoas, das quais 20 eram pesquisadores, para discutir temas acordados entre os governos de Brasil e da Alemanha no cenário da Bioeconomia.

Pelo fato destes encontros bilaterais terem sido realizados durante o Green Rio, esta delegação teve oportunidade de ver, ouvir e tomar conhecimento do quanto o Brasil já pratica a bioeconomia, antes de ser conhecida como tal, e de ser promovida como a economia do século XXI.

A mesma oportunidade tiveram os mais de 3.400 visitantes deste evento quando participaram de rodas de conversa, escolheram quais ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) desejaram promover, conheceram as biostartups que participaram de um pitch, degustaram produtos de nossos biomas em oficinas de gastronomia, descobriram quem faz Moda Sustentável, participaram de painéis que trataram desde Orgânicos, Agricultura Familiar e Cooperativismo até Biotecnologia e Amazônia 4.0.

Clique aqui para saber quem foram os expositores do Green Rio.

Duas campanhas foram divulgadas no Green Rio 2018: RIO Comércio Justo, promovida pela Prefeitura do Rio de Janeiro e Campanha do Alimento Orgânico promovida pelo Ministério da Agricultura.
Tudo isso, e muito mais, é bioeconomia, tema transversal no Green Rio 2018.

Este tema foi destacado por todos que participarem da abertura do evento, a saber:
Maria Beatriz Bley Martins Costa – Coordenadora Green Rio
Augusto Togni – representando a Diretora do SEBRAE Nacional, Heloísa Menezes
Epitácio Brunet – Sub-Secretário Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação – SMDEI – Prefeitura do Rio de Janeiro
Stella Romanos – Presidente da Emater, representando o Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária , Pesca e Abastecimento, Alex Grillo
Klaus Zillikens – Cônsul Geral da Alemanha
Juliana Simões – Secretária de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, representando o Ministro Edson Duarte
Jefferson Coriteac – Secretário da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário – Casa Civil
Marc Diaz – Representando o Diretor Evandro Peçanha do SEBRAE RJ
Antonio Alvarenga – Presidente da Sociedade Nacional de Agricultura

O palestrante da abertura do Green Rio foi Ingo Plöger, presidente do CEAL – Conselho de Empresários da América Latina – com a palestra Bioeconomia e Inovação no Brasil e na América Latina, na qual Ingo Plöger destaca a necessidade do Brasil lançar a sua Plataforma de Bioeconomia Nacional, na forma de um Conselho Estratégico Integrado de Bioeconomia.

Conheça a palestra de Ingo Plöger na abertura do Green Rio 2018.

FEIRA REUNIU 88 EXPOSITORES, DA ALEMANHA E DE NORTE AO SUL DO BRASIL

O Governo da Alemanha teve pela primeira vez no Green Rio um estande oficial para promover Bioeconomia, apresentando informações sobre o tema no país.

O SEBRAE participou com representantes de biostartups, moda, alimentação orgânica e rde diversos estados brasileiros. O SESC apresentou um painel interativo sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), além de realizar oficinas de reaproveitamento de alimentos. 
O estande Brasil no Green Rio reuniu Ministério do Meio Ambiente, Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Ministério da Agricultura, promovendo as respectivas iniciativas relativas à parceria. Rodas de conversa ocorreram diariamente no estande.

Korin, Sítio do Moinho e GoGreen promoveram a produção e o varejo de orgânicos. A inovação foi um dos destaques do Green Rio. A Granado participou novamente e lançou sua linha Terrapeutics com composição de ingredientes naturais. A Fiocruz apresentou pesquisas e projetos, como a cadeia de valor de plantas medicinais com agricultura familiar.O Green Rio contou também este ano com empresas especializadas na produção de máquinas e equipamentos na bioeconomia. A brasileira Guarany apresentou equipamentos com enfoque no pequeno produtor. A GR Agrária levou sua produção de insumos orgânicos do interior do estado do Rio de Janeiro. A Itaipu Binacional participou novamente, apresentando suas iniciativas de sustentabilidade, principalmente energias renováveis.

Compradores nacionais e expositores fizeram parte das rodadas de negócios nacionais, organizadas pelo Planeta Orgânico/Green Rio. Nas rodadas internacionais, importadores estrangeiros fizeram parte da agenda promovida pela APEX Brasil e ABBA (Associação Brasileira dos Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas). No sábado, encontro de negócios reuniu indústrias e representantes governamentais com o tema bioeconomia.

Concluindo o sábado, último dia do evento, a Camerata Jovem Rio de Janeiro se apresentou na praça de alimentação do Green Rio, onde o visitante degustava refeições do Sítio do Moinho, ABIO, produtos da Amora Verde e lanches nutricionais.

____________________________________________________________________________________________________________

<< voltar