BioFach América Latina e ExpoSustentat 2010: empreendimentos da Agricultura Familiar somam R$ 6,3 milhões

Os empreendimentos da agricultura familiar que participaram das feiras BioFach América Latina e ExpoSustentat de 3 a 5 de novembro em São Paulo, totalizaram cerca de R$ 6,3 milhões entre vendas diretas, negócios fechados e perspectivas de futuros negócios. Estes empreendimentos representam cerca de 23 mil famílias agricultoras.

Agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais, reunidos em cooperativas, associações ou redes de empreendimentos, estiveram presentes no estande do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), na BioFach América Latina e na Praça da Sociobiodiversidade, na ExpoSustentat. Os dois eventos aconteceram simultaneamente no Transamérica Expo Center.

Nos dois espaços estiveram expostos produtos como mel, castanhas, queijos, geleias, artesanatos com diversos tipos de fibras, como a da bananeira e o capim dourado, polpas de frutas, sucos, arroz, palmitos, entre outros.

Talentos do Brasil

O Programa Talentos do Brasil também participou da ExpoSustentat, em estande próprio. A coordenadora do Programa, Patrícia Guimarães, avalia como positiva a participação, pelo segundo ano, no evento. “Estimamos negócios futuros até dezembro que totalizam cerca de R$ 298 mil”. Segundo Patrícia, visitaram o estande do Talentos e iniciaram negociações para compra de produtos das artesãs do Programa até o final do ano, redes de supermercados, lojas de decoração, entre outros.
________________________________________________________________________________________________

Mercado de produtos orgânicos e sustentáveis reunido em São Paulo

No Ano Internacional da Biodiversidade promovido pela ONU, os olhos se voltaram para São Paulo. Realizadas nos últimos dias 3, 4 e 5 no Transamérica ExpoCenter, na zona sul da capital paulista, as feiras BioFach América Latina e ExpoSustentat, atraíram 5.972 visitantes, interessados em conhecer os principais lançamentos e tendências do setor para 2011.

 “Através destes dois eventos, vemos o quanto o Brasil inova e ousa. Inova quando cria uma lei que contempla que 30% da merenda escolar deve vir da agricultura familiar; e quando propõe, para 2014, uma Copa do Mundo com produtos orgânicos e sustentáveis”, disse, emocionada, na cerimônia de abertura, a diretora do Planeta Orgânico e co-organizadora da BioFach América Latina e ExpoSustentat, Maria Beatriz Martins Costa.

 “O Brasil está incorporando a questão de sustentabilidade, mas ainda há desafios imensos. Nosso compromisso é melhorar a vida do homem – com a floresta em pé e a natureza preservada”, prosseguiu o diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Arnoldo Campos. Ele lembrou que o órgão trouxe 48 empreendimentos a São Paulo, que representam 24 mil famílias de agricultores.

Campos destacou a criação da Praça da Sociobiodiversidade, espaço que congregou 38 empreendimentos da Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal. Projeto do Plano Nacional da Sociobiodiversidade de promoção comercial para os produtos da biodiversidade brasileira, a Praça trouxe os próprios produtores a São Paulo, que puderam expor produtos, vender e fechar parcerias.

A iniciativa também foi elogiada por José Machado, secretário- executivo do Ministério do Meio Ambiente. “A Praça vai trazer para o debate a perspectiva de vida dos agricultores que precisam ter o apoio da sociedade. Estamos aqui porque apoiamos decisivamente o setor de orgânicos e confiamos que o novo governo vai continuar implementando as políticas públicas voltadas para o planejamento integrado e a gestão de recursos naturais.”

Na mesma cerimônia, o Ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, lembrou que “não é possível pensar em desenvolvimento sem pensar em sustentabilidade e inclusão social, justiça social e preservação.”

Outro tema amplamente discutido nas feiras e conferências foi a regulamentação da Lei de Produtos Orgânicos, que passa a vigorar em janeiro em 2011. “Ela será importantíssima porque todas as certificadoras terão de trabalhar no mesmo nível – e hoje isso ainda não acontece. Para o consumidor, a maior diferença virá por meio do selo nacional de orgânicos. Isso dará a ele a garantia de que pode confiar naquele produto”, lembrou José Pedro Santiago, diretor da IBD Certificações.
________________________________________________________________________________________________

Talentos do Brasil e Sebrae Nacional

Pelo segundo ano consecutivo, o Programa Talentos do Brasil participou da BioFach América Latina e ExpoSustentat. Os visitantes puderam conhecer a coleção 2010, intitulada Passarada, lançada em junho deste ano em Brasília (DF) e apresentada em setembro no Salão Prêt-à-Porter Paris, na França.

Outro estande concorrido foi o do Sebrae Nacional, presente com representantes de nove Estados e 24 empresas. O órgão trouxe ainda oito caravanas de empresários interessados em conhecer a realidade do setor de orgânicos.
________________________________________________________________________________________________

Espaço para o aprendizado

A BioFach América Latina e a ExpoSustentat também foram ricas em painéis e workshops com palestrantes brasileiros e internacionais. O painel “Sementes – Cenário atual e desafios para o futuro”, por exemplo, abordou a questão da demanda de sementes orgânicas e as ameaças à produção, como transgenia e fusão de protoplasto (técnica  de fusão celular considerada pela IFOAM como modificação genética, e que é incompatível com os princípios da agricultura orgânica). Com a mesma temática, o Workshop de Gastronomia São Paulo Orgânico “Culinária com produtos de sementes crioulas/tradicionais” atraiu dezenas de pessoas para aprender com as chefs Cláudia Mattos (Zym Café) e Cênia Salles, do movimento Slow Food.

Nos três dias de evento, houve ainda painéis sobre “moda sustentável”, “Orgânicos & Consumidores”, “o mercado de orgânicos no mundo”, “sementes orgânicas e não transgênicas”, “Biodiversidade e Copa do Mundo 2014”, “Parcerias Empresas & Extrativismo” e “Eventos Verdes e a Economia Verde”.
________________________________________________________________________________________________

Camarões, farinhas e congelados: lançamentos e tendências para 2011

“Em 2011 vamos ver o lançamento de produtos com maior valor agregado no setor de orgânicos. Nós passamos da fase do produto natural, folhagens e frutas. A cadeia produtiva está mudando”, acredita o gerente do projeto IPD-Organics Brasil, Ming Liu.  O Moinho Ocrim, de São Paulo, apresentou suas linhas branca e integral, que devem chegar às gôndolas em dezembro. Já o Sítio do Moinho apresentou os pães com farinhas orgânicas importadas da Itália. Outra novidade do Sítio são os alimentos germinados: farinha de linhaça, mix de lentilhas e arroz integral, produzidos no Canadá e desidratados a baixas temperaturas. Ambos só devem ser vendidos ao consumidor final no início do próximo ano.

A Korin Agropecuária, empresa pioneira na criação de frangos livres de antibióticos, trouxe sua nova linha de vegetais e frutas orgânicas congeladas á feira. Cortados, lavados, higienizados e cozidos a vapor, eles só precisam ser aquecidos antes de ir à mesa. “O produto está destinado a quem tem pouco tempo para preparar alimentos e quer sabor e qualidade”, explica Reginaldo Morikawa, gerente geral da Korin Agropecuária.

Ainda no setor de alimentos, a Bio Shrimp do Brasil trouxe seu camarão orgânico, tipo exportação, mais resistente e sadio. O segredo, explicam os engenheiros de pesca, é o rigoroso controle de qualidade aplicado desde o berçário.
________________________________________________________________________________________________

Algodão e cosméticos orgânicos

O visitante que passou pela BioFach América Latina e a ExpoSustentat não se deparou apenas com alimentos e bebidas. Pôde conhecer também o trabalho desenvolvido pela Natural Fashion, cooperativa que trabalha a produção do algodão naturalmente colorido, do plantio à criação de peças. No promissor campo da cosmética, a Beraca Sabará, especializada em matérias primas vindas da floresta amazônica, expôs sua linha de extratos e manteigas destinados a produtos de beleza. “Estamos trazendo produtos que ainda estão sendo descobertos pelos estrangeiros, como os óleos de pracaxi, cupuaçu e buriti”, afirmou o coordenador de produto João Matos, que destacou ainda o lançamento dos ativos anti-acne, ativos anti-caspa e extrato de buruti orgânico.

Ainda no campo das novidades, chamaram a atenção os inseticidas da simpática El Secreto de la Abuelita, empresa do Equador que pretende investir no mercado nacional: incensos de Pau-Santo, Massa Mata Barata e Espanta Moscas orgânicos, todos não-tóxicos e biodegradáveis.

Entre uma palestra e outra – e foram muitas – o visitante pôde saborear azeitonas, azeites, pães, bolachas, sucos, cafés, geleias, mel… No estande da Chá Mais, o expositor Kawê Antonini oferecia para degustação parte dos 33 chás orgânicos lançados pela empresa de Santa Catarina. “A aceitação está sendo ótima. É um segmento crescente e tende a haver uma migração do consumidor comum, que busca mais qualidade de vida e saúde.”

No almoço, o bistrô Abobrinhas Labaki, tocado pela chef Luana Budel, servia pratos à base de vegetais, legumes e hortaliças orgânicos. O sucesso da iniciativa se mede pelos números: em três dias de feira, foram servidas mais de 600 refeições.
________________________________________________________________________________________________

Ator Malvino Salvador, embaixador da Sociobiodiversidade

Durante a BioFach e ExpoSustentat 2010, o público também pôde presenciar o anúncio do ator Malvino Salvador como “embaixador da Sociobiodiversidade”. Nascido na Amazônia, Malvino foi convidado a ser embaixador a pedido do Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade (PNPSB). Na feira, foi apresentado ao ator o Plano Nacional durante encontro com representantes dos ministérios do Desenvolvimento Agrário e do Meio Ambiente, de organização dos extrativistas do estado do Amazonas, do setor empresarial e do Planeta Orgânico, organizador do evento. “Sinto-me privilegiado e muito à vontade para participar”, disse.

O ator destacou a importância da agricultura familiar e falou que, como embaixador poderá atuar por meio de sua imagem como artista, levando mais informação sobre a relevância do trabalho das famílias e dos produtos da Sociobiodiversidade.

O diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor da Secretaria de Agricultura Familiar do MDA, Arnoldo Campos, apresentou o PNPSB e abordou as ações do Ministério para o fortalecimento da agricultura familiar. “O governo federal está assumindo cada vez mais a parte social e ambiental”, afirmou.
________________________________________________________________________________________________

Copa do Mundo sustentável em 2014 já não é sonho. É realidade.

A Copa do Mundo, graças a seu caráter nacional (são 12 cidades-sedes), será a grande responsável por exibir aos 600 mil turistas estrangeiros e três milhões de viajantes brasileiros a diversidade social, cultural, gastronômica, dos biomas, os atrativos turísticos e paisagísticos do País.

Atento à interiorização desses benefícios, o Consórcio Orgânico e Sustentável trouxe a São Paulo o coordenador da Câmara Temática Nacional de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Copa 2014, vinculada ao Ministério do Esporte, Claudio Langone.

Falando aos jornalistas, Langone afirmou que a Copa Orgânica e Sustentável trabalha com a idéia de que temos condições de oferecer para determinados nichos da Copa produtos orgânicos e sustentáveis, certificados, com origem claramente identificada. “Precisamos pensar em políticas que sejam estruturantes, que não só apresentem um bom desempenho no período da Copa, mas que deixem um legado. Nossas iniciativas devem ser perceptíveis porque é uma oportunidade de mostrar que o Brasil está preocupado com tema da sustentabilidade.”

Segundo ele, essas ações vão desde aumentar a produção de orgânicos e oferecê-los a um preço menor a organizar uma rede de feiras, suprir mais os supermercados, oferecer cardápios orgânicos em hotéis e restaurantes.

O Consórcio é formado pelo Planeta Orgânico, IP Desenvolvimento Empresarial e Institucional e o Projeto IPD-Organics Brasil.

“A iniciativa de incluir produtos orgânicos e sustentáveis na Copa de 2014 era um sonho e está se tornando realidade. A simples presença de Langone em São Paulo tem um significado enorme”, reiterou Maria Beatriz Martins Costa.

O coordenador da Câmara Temática Nacional de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Copa 2014, que participou do painel “Sociobiodiversidade e Copa 2014”, afirmou que, até o final deste ano, começará a trabalhar com sua equipe na instalação das câmaras de Meio Ambiente nas 12 cidades-sedes. “Teremos ainda uma segunda etapa, em que vamos conversar com o setor privado, como parceiros e executores.”

Claudio Langone também falou da importância da certificação de orgânicos, um “desafio” sobretudo para os pequenos produtores, e da regulamentação da Lei de Orgânicos: “A consolidação da Lei, o cadastramento dos produtores e a organização do sistema de certificação são centrais para a nossa estratégia. O que precisa ficar claro no caso dos orgânicos é que, ou nos preparamos para um ciclo crescente, ou não vai haver engajamento”.
________________________________________________________________________________________________

Evento alavanca exportações

O setor de orgânicos cresce 30% ao ano e movimenta US$ 30 milhões em exportações brasileiras (US$ 200 milhões em vendas no Brasil), segundo a Fundação Agricultura e Ecologia da Alemanha (Soel). A BioFach também é realizada anualmente na Alemanha, Estados Unidos, Japão e, desde 2007, na China. No Brasil, a realização dos eventos tem alavancado as exportações dos orgânicos latino-americanos, em especial para países como Dubai, Emirados Árabes Unidos, Alemanha, Estados Unidos e para a Comunidade Européia.
________________________________________________________________________________________________

Produção de sementes foi destaque em painel na BioFach América Latina / ExpoSustentat 2010


A Conferência BioFach América Latina e ExpoSustentat 2010 tratou do tema “Sementes –Cenário atual e desafios para o futuro” em um painel moderado por Ana Flavia Badue. O painel abordou desde o contexto da demanda de sementes orgânicas e as ameaças à produção dessas sementes, como a transgenia e a fusão de protoplasma.
Clique aqui para saber mais!
________________________________________________________________________________________________________________

Talentos do Brasil traz para a ExpoSustentat moda feita com sustentabilidade

O Talentos do Brasil trouxe para os visitantes a Coleção de Moda 2010 intitulada Passarada, lançada em junho deste ano em Brasília (DF) e apresentada, em setembro, no Salão Prêt-à-Porter Paris, na França. A Coleção Passarada se desdobra em torno das cores, da raridade e da beleza das aves brasileiras, e também da rica mitologia gerada a partir delas, criando histórias, contos, lendas e canções.
Clique aqui para saber mais!
________________________________________________________________________________________________________________

Praça da Sociobiodiversidade: uma iniciativa inovadora

A Praça da Sociobiodiversidade congrega empreendimentos constituídos por Povos e Comunidades Tradicionais e Agricultores Familiares que utilizam os recursos da biodiversidade brasileira para sua viabilidade econômica e socioambiental. Participam desta primeira edição na ExpoSustentat, 38 empreendimentos e Redes de empreendimentos dos Biomas Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal.

Ela é uma estratégia do Plano Nacional da Sociobiodiversidade de promoção comercial para os produtos da biodiversidade brasileira. Com essa ação, busca ampliar o espaço de divulgação dos Biomas através da convergência de iniciativas realizadas em edições anteriores na ExpoSustentat, das Salas Caatinga-Cerrado, Mercado Mata Atlântica e Andes-Amazônia, ampliando aos demais biomas brasileiros, que ainda não possuem redes de comercialização específicas.
Clique aqui para saber mais!
________________________________________________________________________________________________________________

<< voltar