MINISTÉRIO DA AGRICULTURA ESPERA CADASTRAR QUINZE MIL AGRICULTORES ORGÂNICOS EM 2011

Um novo levantamento do Ministério da Agricultura indicou que o número de produtores orgânicos regularizados já está acima de nove mil e quinhentos. Trata-se de um avanço considerável em relação ao último número de dezembro, quando havia cerca de cinco mil produtores, dos quais parte ainda estava em cadastramento.

As normas para o setor orgânico começaram a valer desde o dia 1º de janeiro deste ano. “A meta do Ministério é chegar ao número de 15 mil agricultores cadastrados no sistema, que vale para todo o país, até o final deste ano”, destaca o coordenador de Agroecologia do Ministério da Agricultura, Rogério Dias. As informações foram divulgadas durante a Reunião da Câmara Setorial de Agricultura Orgânica, realizada dias 24 e 25 de fevereiro. A Câmara agora passa a contar também com a participação de representante do projeto de exportação Organics Brasil.

Segundo o Ministério da Agricultura, o agricultor que ainda não se cadastrou no sistema deve se adequar às novas regras e vincular-se a alguma entidade certificadora. Aqueles que fazem venda direta devem se cadastrar no site do Ministério da Agricultura. Os interessados também podem procurar as superintendências federais do ministério para as orientações sobre o processo de regularização. “Hoje temos três certificadoras atendendo aos interessados e três sistemas participativos. Além do credenciamento, em andamento, de mais cinco certificadoras e dois sistemas participativos”, reforça Rogério Dias.


Rogério Dias, Ministério da Agricultura


Rogério Dias também destacou que a indústria têxtil é outra área de destaque no setor de orgânicos e se torna mais viável no Brasil. O algodão colorido naturalmente, por exemplo, é produzido em várias regiões do país, como a Paraíba através da Natural Fashion. Já no caso das sementes orgânicas os benefícios também são visíveis. “A nossa legislação estabeleceu um prazo de cinco anos para que os produtores trabalhem com sementes orgânicas”, informou. Para isso, o país precisa de produtores de sementes orgânicas, que agregam valor à cadeia produtiva.

__________________________________________________________________________________________________

<< voltar